O evento aconteceu no dia 15 de Novembro de 2019 em Las Vegas (EUA). Tanto a Premiere (realizada antes da cerimônia, com categorias específicas) quanto a premiação ocorreram no MGM Gran Garden Arena. A cerimônia anual do Latin GRAMMY é a principal premiação de música latina do mundo e foi marcada por muita festa e surpresas.

Sendo transmitida pela Univisión e distribuída para 80 países, além das redes sociais, a cerimônia principal ficou entre as principais audiências da TV aberta dos Estados unidos. A presença brasileira foi marcante, com Anitta e Anavitória entre os nomes que apresentaram números musicais. Anitta performou juntamente a Olga Tañon, Milly Quezada e Tony Succar um tributo à cubana Celia Cruz, com a música “La Vida Es Un Carnaval”. Já a dupla pop/folk cantou “Ai Amor“, sendo uma das atrações da Premiere.

Anitta havia sido indicada à categoria de Melhor Álbum de Urban Music, uma das principais categorias gerais, com seu álbum “Kisses”. No entanto, o troféu foi para Bad Bunny, artista porto-riquenho, pelo disco “X100 Pre”.
Anavitória levou o gramofone dourado, sendo uma das finalistas na categoria Melhor Álbum Pop em Língua Portuguesa. Seu disco “O Tempo é Agora” superou projetos de Ana Cañas, Jair Oliveira, As Bahias e a Cozinha Mineira e Mahamundi.

A 20ª edição do GRAMMY Latino teve como principal vencedora a espanhola Rosalia, que levou o cobiçado prêmio de Álbum do Ano, além de vencer na categoria Álbum Pop Contemporâneo com o hit “El Mal Querer”. A sensação pop do momento, a cubana Camila Cabello, juntamente a Alejandro Sanz, levou o troféu de Gravação do Ano e o de Melhor Canção POP com “Mi Persona Favorita”. A categoria Canção do Ano ficou com o porto-riquenho Pedro Cappó, com a faixa “Calma”. E a venezuelana Nella ganhou o troféu de artista Revelação.

Entre as categorias em língua portuguesa, além de Anavitória, levaram prêmios os artistas Tiago Iorc (Melhor Canção, por “Desconstrução”), BaianaSystem (Melhor Álbum de Rock ou Música Alternativa, por “O Futuro Não Demora”), Mart’Nalia (Melhor Álbum de Samba/Pagode, por “Mart’Nalia Canta Vinícius”), Delino Marçal (Álbum de Música Cristã, “Guarda Meu Coração”), Gilberto Gil (Melhor Álbum de MPB, por “OK OK OK”), Marilia Mendonça (Álbum de Música Sertaneja, “Em Todos os Cantos”) e Hermeto Paschoal (Álbum de Raízes, por “Hermetto Paschoal e Sua Visão Original do Forró”).

Confira os vencedores em todas as categorias no link:   https://www.latingrammy.com/es/nominees?genre=All