Cinco meses após seu lançamento, “Dona Maria” segue firme nas listas de músicas mais tocadas no Brasil em rádios. No Youtube, o clipe da música de Thiago Brava já soma mais de 240 milhões de views.

A música conta a história de um rapaz apaixonado que quer pedir a filha de Dona Maria em namoro. É o oposto de outros hits de Brava, que celebravam a farra e a solteirice. “Namoro bobo” e “Lei do desapego” são algumas delas. Mas a mudança no tipo de letra não tem relação com a atualização de status de Brava.

“Ela vem de encontro com outro momento que estou vivendo. Estou solteiro. Mas hoje estou mais focado na minha família, no meu trabalho, nas minhas composições. Estou com a cabeça mais leve, mais tranquila para poder pensar só em mim e ficar tranquilo pra poder compor”, afirma ele.

Outro empurrãozinho dado em “Dona Maria” é a participação de Jorge, da dupla com Mateus. Para Brava, a parceria foi fundamental para o sucesso.

“Ele tinha me falado há um ano: ‘Vamos gravar uma música juntos, faz aí uma música com a minha cara, mais romântica pra gente gravar’. Ele meio que previu isso aí e foi de fundamental importância para o sucesso da música”.

O sucesso fez com que a agenda de shows aumentasse, diz Brava. “Estamos fazendo uma média de 25 shows por mês, rodando o Brasil todo com essa música”.

A música faz parte do EP “Um violão & uma catuaba”, gravado no estúdio Pé de Amora, em Goiânia. O disco tem mais quatro canções, todas na linha reggae apaixonado, algumas acompanhadas de ukulelê e gaita.