A Rússia ameaçou durante esta semana banir o Facebook em 2018 se a rede social não cumprir uma lei que exige o armazenamento dos dados de usuários russos em território do país. O LinkedIn já foi bloqueado em 2016 por descumprir os dispositivos da legislação.

     “A lei é obrigatório para todos”, afirmou Alexander Zharov, chefe do Roskomnadzor, o órgão russo que regula as comunicações, segundo a rede de TV CNN.

     “Em todos os casos, nós garantiremos que a lei seja cumprida ou a companhia vai ter de parar de trabalhar na Federação Russa”, disse. Ainda completou “Não há exceções aqui.”

     A lei, que entrou em vigor em 2015, vale para todas as companhias que coletam dados pessoais de cidadãos russos.

     A legislação é semelhante à europeia, que obriga empresas que atuam no país a armazenar dentro do bloco os dados de cidadãos dos países membros. A transferência só é permitida se o país destinatário cumprir uma série de exigências de segurança no tratamento às informações pessoais.

     Segundo o Roskomnadzor, o Twitter já informou que cumprirá a lei a partir de 2018.

Fonte: G1