Pela primeira vez nos Estados Unidos, uma mulher com útero transplantado deu à luz, disseram funcionários do hospital Baylor University Medical Center, em Dallas, nos Estados Unidos. O nascimento do bebê saudável, cuja data de nascimento, sexo e peso não foram divulgados, foi confirmado por Craig Civale, porta-voz do hospital.

A mulher que deu à luz pediu para não ser identificada. A norte-americana recebeu o útero de uma enfermeira de 36 anos, que já tinha tido dois filhos. O hospital Baylor possui um programa de transplante de útero e, até hoje, dez transplantes foram realizados — no entanto, apenas cinco foram completados com sucesso e, em um deles, a gravidez foi possível.

Enquanto o nascimento de um bebê saudável por uma mulher com útero transplantado foi o primeiro nos Estados Unidos; na Suécia, vários partos já foram realizados após transplante do órgão. À revista ‘Time’, Liza Johannesson, cirurgiã que fazia parte da equipe na Suécia, disse que cirurgiões veteranos estavam chorando quando a criança nasceu. Médicos envolvidos no transplante dos Estados Unidos farão uma coletiva de imprensa nesta segunda-feira (4).

No total, o procedimento tem 10 horas de duração: leva cinco horas para remover um útero saudável e outras cinco horas para colocá-lo em uma mulher que de outra forma não poderia engravidar. Quando uma mulher tem um útero transplantado, a fertilização in vitro é a única maneira de engravidar porque os ovários não estão conectados ao útero transplantado. O primeiro nascimento após o transplante de útero ocorreu em setembro de 2014. Uma mulher de 35 anos recebeu o útero de uma mulher de 61.

Fonte G1