Nesta sexta-feira (18) o palco de Barretos foi tomado por cantores do mais alto escalão brasileiro. Luan Santana, Zé Neto e Cristiano, João Neto e Frederico, Munhoz e Mariano, se apresentaram na noite de ontem, o público cantou, dançou, do começo ao fim dos shows.

Em uma apresentação preparada especialmente para Barretos, Luan Santana mostrou uma prévia do novo show da turnê “1977” – que será lançado neste sábado, no Citibank Hall, em São Paulo (SP) – e ainda acrescentou vários sucessos da sua carreira que, segundo o cantor, está ligada à Festa do Peão.

Em dez anos de carreira, Luan se apresentou várias vezes em Barretos. A primeira em 2008, ainda como um cantor desconhecido. Dois anos depois, bateu recorde de público da festa, com mais de 60 mil pessoas na arena.

A dupla Zé Neto & Cristiano não deixou a energia cair e manteve a animação do público na Arena e nas arquibancadas que não parou de dançar até às 3h deste sábado.

Os amigos de São José do Rio Preto (SP) cantaram os sucessos “Eu ligo para você”, “Bateria acabou”, “Estamos quites”, “Pra rezar ninguém me chama” de um fôlego só.

E não pararam de animar o público, tirando selfies, distribuindo rosas e colocando todo mundo para cantar “Bobo fui eu” e “Nem ele, nem eu”, e as estouradas “Seu polícia” e “Amigo taxista”.

Quase no fim do show, Zé Neto & Cristiano chamaram ao palco a dupla Juan Marcos e Vinícius para cantarem junto “Solinho” e ainda o cantor Felipe Araújo, que mais cedo fez show no palco Festeja. Com Felipe, interpretaram a canção do jovem sertanejo “A mala é falsa”. Juntos ainda fizeram uma homenagem ao cantor Cristiano Araújo, morto em 2015, com a música “Cê que sabe”.

O evento continua até o dia 27, e hoje (19) se apresentarão no palco mais sertanejo do Brasil, Marília Mendonça, a dupla Maiara e Maraisa, Humberto e Ronaldo, Thaeme e Thiago, entre outros cantores.