Luan Santana e Pabllo Vittar fizeram um dueto inédito no programa “Altas Horas” na noite de sábado (28). Eles cantaram “Acordando o Prédio”, sucesso mais recente do sertanejo, e até dançaram coladinhos. Pabllo não resistiu e assumiu que o cantor era seu “crush”.
          O sertanejo sugeriu então gravar um remix da música com a participação da drag queen. “O clipe tem que ser babado, tem que ser como a letra fala”, pediu Pabllo. A apresentação inédita empolgou o público e virou um dos assuntos mais comentados do Twitter.
          Luan elogiou bastante a cantora. “Sem dúvida é a ascensão mais rápida que a gente viu nos últimos tempos. Está todo mundo babando pela Pabllo”, comentou. “É histórico isso que ele está fazendo.” Pabllo relembrou o passado de bullying e comentou a recente liberação da cura gay por psicólogos. “Quando saiu a notícia eu dei risada. Como que cura uma coisa que não é doença? Acho que tem muito mais coisas acontecendo no país, muito mais sérias, para a gente estar dialogando e debatendo. Eu não quero esse Brasil para os meus filhos, não quero esse Brasil para os meus sobrinhos, eu quero um Brasil melhor.”
          Atualmente solteira, Pabllo Vittar admitiu vontade de ter filhos. Com seu nome em ascensão, o fenômeno do momento, Pabllo Vittar, viu a sua agenda lotar, seu cachê saltar de R$ 2 mil para R$ 50 mil além de sua persona se tornar símbolo LGBTQ.