Comum em outros lugares, as transmissões por redes sociais de grandes eventos esportivos ganham cada vez mais força. Se no exterior é comum plataformas como o Facebook e o Twitter transmitirem importantes jogos, aqui no Brasil a realidade (ainda) não é a mesma. Porém, acordos como o anunciado nesta quarta-feira (09) pelo Facebook, prometem mudar as regras do jogo.

Depois de algumas Lives de confrontos do Brasileirão, a gigante do Silício fecha acordo com a Libertadores para transmitir um jogo por semana gratuitamente direto do Facebook. Noticiada pela Folha de S. Paulo, a mudança altera completamente a forma e as telas que o torneio é visto pelo brasileiro.

Transmitida com exclusividade pelo Grupo Globo e Fox Sports, a nova dinâmica promete transformar a forma com que o campeonato é veiculado. Pois, há anos, a emissora da família Marinho transmite as disputas na televisão aberta e a FOX tem preferência para os jogos na TV por assinatura. Neste arranjo, cabe ao SporTV o papel de escolher os certames em que a companhia americana não tem o principal interesse.

Atento ao mercado latino, as transmissões de futebol no continente já são uma realidade em diversos países. Em outras regiões, por meio de um acordo com a FOX, a rede social já compartilha diversos embates da Liga dos Campeões. Isso não acontece no Brasil, pois o Esporte Interativo comprou os direitos do torneio nacionalmente.

Até o momento, a companhia de Zuckerberg ainda não disse nada sobre a questão da bilionária Liga europeia, mas como um edital para a exibição do campeonato irá abrir nos próximos meses, muitas coisas podem mudar em um campo que vê novos adversários há algum tempo.